Songtexte.com Drucklogo

Tambor tantã Songtext
von Belchior

Tambor tantã Songtext

Doutor em dor, bate o tambor
Tantã de tanto dar
Quanto prazer, luz do calor
Mamãe, quero mamar
Graças a Zeus tem gente assim
Comer, beber, dançar
E que dizer pra mister fim?
As águas vão rolar

Segundo o primeiro terreiro
O terceiro mundo embanana, imbalança oh, lalá
Quando eu me chamar raimundo vou fundo e é fumo pra lá e pra cá

Oh, adelita, amor civil
Quando a guerra acabar
Explodirei, com mais de mil
Em um trem militar
E quem vier a fim de mim
Se ligue em meu canal
Em reggae, em Rumba, em Cuba, enfim
Na américa central


Vocês, de lá da babilônia, não sentem vergonha de sonhar um sonho tão ex?
Oh, tirem-me desta mentira, brilhantinamente sem vez

De bom tom, dá pedal
Tudo som, tudo são tão legal
Um grau dez pelo dom da mulher
E um bombom pro que der e vier

Doutor em dor, bate o tambor
Tantã de tanto dar
Quanto prazer, luz do calor
Mamãe, quero mamar
Graças a zeus tem gente assim
Comer, beber, dançar
E que dizer pra mister fim?
As águas vão rolar


Oh, adelita, amor civil
Quando a guerra acabar
Explodirei, com mais de mil
Em um trem militar
E quem vier a fim de mim
Se ligue em meu canal
Em reggae, em Rumba, em Cuba, enfim
Na América Central

Songtext kommentieren

Schreibe den ersten Kommentar!

Fan Werden

Fan von »Tambor tantã« werden:
Dieser Song hat noch keine Fans.