Esparadrapo Songtext
von Jennifer Souza

Esparadrapo Songtext

Daí de fora não se vê o tempo
Correr, parar
Sinto que fora é dentro
Percebo sentido ao passar
Do que me faz receber, recuar

A voz enrosca-se rouca
Não tenho o que cantar
Vejo você nessa roupa
Silêncio e carnaval


Leva
Perco em mim seu enredo
Seco a vontade de sim
Parte de ti o desejo
Sem saber

O que virá devolver, desligar
Tem pra dizer o que não vou falar
A voz enrosca-se rouca
Não tenho o que cantar
Vejo você nessa roupa
Silêncio e carnaval

A voz enrosca-se rouca
Não tenho o que cantar
E se for, vá

Visto-me de ti, perco o ar
Perfume à toa
Sou não e sim
Lugar comum

Songtext kommentieren

Schreibe den ersten Kommentar!