Esparadrapo Songtext
von Jennifer Souza

Esparadrapo Songtext

Daí de fora não se vê o tempo
Correr, parar
Sinto que fora é dentro
Percebo sentido ao passar
Do que me faz receber, recuar

A voz enrosca-se rouca
Não tenho o que cantar
Vejo você nessa roupa
Silêncio e carnaval


Leva
Perco em mim seu enredo
Seco a vontade de sim
Parte de ti o desejo
Sem saber

O que virá devolver, desligar
Tem pra dizer o que não vou falar
A voz enrosca-se rouca
Não tenho o que cantar
Vejo você nessa roupa
Silêncio e carnaval

A voz enrosca-se rouca
Não tenho o que cantar
E se for, vá

Visto-me de ti, perco o ar
Perfume à toa
Sou não e sim
Lugar comum

Songtext kommentieren

Schreibe den ersten Kommentar!
Diese Website verwendet eigene Cookies und Cookies von Dritten um die Nutzung unseres Angebotes zu analysieren, dein Surferlebnis zu personalisieren und dir interessante Informationen zu präsentieren (Erstellung von Nutzungsprofilen). Wenn du deinen Besuch fortsetzt, stimmst du der Verwendung solcher Cookies zu. Bitte besuche unsere Cookie Bestimmungen um mehr zu erfahren, auch dazu, wie du Cookies deaktivieren und der Bildung von Nutzungsprofilen widersprechen kannst.
OK